Cultura e o mal estar da Civilização

Cultura & entretenimento

Curiosoamente, de quando em vez, acabo pescando um vídeo postado que vale a pena ter guardado em minhas anotações. Este vídeo traz reflexões de Mario Vargas Llosa sobre a gradual transformação de cultura em produção de entretenimento frugal e passageiro.

Da transformação do momento do encontro do homem com a cultura em encontro risível, descartável e para consumo imediato. Lá pelo meio de sua palestra o escritor aponta para a necessidade de alimentarmos o nosso senso crítico, e nossa necessidade de conviver com diversidades e sonhos. De refletir e pensar.

Confesso que ainda nao consegui ler Ulysses [Joyce], mas Cem Anos de Solidão e 1984 certamente estão na prateleira dos preferidos. Se vale passar 20 minutos vendo/ouvindo a palestra? Se você quer reflexão sim, se quer emoção instantânea certamente não.

Abraços

Em homenagem as Guerreiras do Outubro Rosa- parte I

Em homenagem as Guerreiras do Outubro Rosa- parte I

Pela primeira vez fui acompanhando minha esposa à Corrida 5km MacDonald’s – na luta contra o Câncer.

Comecei colocando algumas fotos dela, mas quero colocar de todas as que pude registrar lá no calor do momento – foi muitíssimo bom para alma, ver todos aqueles sorrisos na largada e chegada.

Editei já algumas que seguem na Galeria – parte I

É bom ou ruim?

Estava eu andando dia desses e atras de mim vinha uma turma de adolescentes, nem muito jovens, nem muito adultos. Reparei porque as risadas eram em altíssimo volume.

No meio da algazarra se sobressaia a voz de Fulana, que argumentava algo indistinguível, porém com muita ênfase – e muitas palavras. Continuar lendo

Democracia Real e Ocupem Wall Street


Devaneios … tempos de mudança?

Fico imaginando se isto seria assunto para outros blogueiros e amigos que eventualmente passam por aqui. Mas me dei conta que escrevo o que gosto, e o que é importante para mim.

E ai cabe o tal devaneio: estamos vivendo tempos de mudança? Torço para que sim – pois decididamente assistir o fim, ou a redução ao mínimo, do welfare state não fazia parte dos meus sonhos do século 21. Mas venho acompanhando há 15 dias o movimento de ocupação de Wall Street – que conseguiu quebrar a inicial indiferença da mídia e estar na agenda global. Continuar lendo

Língua Branca: histórias

Bom,

pensei muito se devia ou não devia escrever o que passamos aqui por casa agora – conversei com a minha protagonista da luta e ela deu o ok. Do que se trata? Se trata de câncer de mama, ou melhor da p*&$@# do câncer de mama diagnosticado na minha esposa em fevereiro deste ano. Uma história de tratamento que ainda não acabou – e que, creiam, não é fácil: especialmente pra ela [agora deitadinha na sala meio dormindo] e não é fácil pra mim. Continuar lendo

%d blogueiros gostam disto: